Como anda a libido dentro do seu relacionamento?

 

A falta de apetite sexual assombra as pessoas com uma frequência muito maior do que você possa imaginar.

Você já se perguntou os motivos dos desencontros entre você e o seu par?

É claro que a correria, filhos, problemas financeiros, o cansaço e o stress do dia a dia podem mexer neste quadro, mas existem outros fatores que podem influenciar fortemente.

Relacionamentos mornos, alguns casamentos seguem com a falsa intenção de não machucar o outro e desta forma andam a passo de tartaruga.

Quando amamos e nos sentimos amados e desejados, percorremos um grande caminho e as coisas podem ficar mais fáceis.

Lembre-se, surpreender é sempre importante sejam com palavras, gestos ou bilhetes. Fazer com que o outro se sinta o seu objeto de desejo, pode apimentar e melhorar qualquer relação.

De abraços e beijos longos, porque a pressa? Dedique algumas horas do seu dia para dar atenção para a pessoa que você ama.

Dedique um tempinho para fazer carinhos, você verá que este tempinho pode se transformar em muitas horas.

Deixe os seus sentidos fluírem, preste atenção nos gestos do seu par, busque aquela atração inicial, com certeza ainda existe.

Fale sobre seus sentimentos, desejos e viva o sexo sem não me toques.

Tire o foco negativo dos seus diálogos, dos problemas, fale de vocês, da beleza do seu parceiro, fale do que você gosta que ele faça e do que você gosta de fazer quando estão na intimidade.

O tempo pode passar, mas sempre ficamos com o que consideramos interessantes em nosso par, deixe estes pontos em evidência e aguce isto nele.

Quando nos depreciamos exercemos uma avaliação negativa para o outro e consequentemente nos apresentamos pouco interessante.

Cuide-se, faça esporte, cuide de sua aparência, apresente-se positivamente, mantenha a saúde em dia.

Pessoas felizes constroem relacionamentos felizes e saudáveis, não faça da sua relação um jogo.

Pense nisto!

Imagem: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *