Wellness

6 de março de 2014 ás 11:36

TPM

 

tensão pré-menstrual (conhecida pela sigla TPM) é uma síndrome que atinge as mulheres e que ocorre, em maior ou menor grau, nos dias que antecedem a menstruação. É caracterizada por uma irritabilidade e ansiedade mais acentuadas, bem como manifestações físicas, como por exemplo dor nos seios, distensão abdominal e cefaléia. Decorre da retenção de sódio e água . Outros sintomas como depressão, baixa auto estima, ansiedade generalizada também podem aparecer. Quem sofre de TPM sabe como esses sintomas podem atrapalhar a rotina. Seguem algumas dicas do Dr. Filippo Pedrinola de como amenizar o sofrimento nesses dias.

Existem mulheres com um grau de TPM mais intenso, conhecido como disforia pré-menstrual. O Dr. Filippo Pedrinola explica que, nesses casos, além de todos os cuidados alimentares, pode ser necessário o uso de alguma medicação especifica, que apenas o médico poderá indicar.

Praticar exercícios físicos regulamente ajuda muito a aumentar os níveis de serotonina, diminuindo os sintomas da TPM. A seguir, qual é o cardápio aliado (e o inimigo) no combate à tão temida TPM:

1.Cálcio: Uma pesquisa realizada na Universidade de Massachussetts, nos EUA, afirma que mulheres que não sofrem de TPM tem uma dieta mais rica em cálcio do que aquelas que sofrem. Isso porque o cálcio diminui a contração muscular do útero e a retenção de líquidos. Por esses motivos, o mineral seria capaz de aliviar sintomas como cólicas, dor nas costas e até o nervosismo. Você pode encontrar o cálcio no leite e seus derivados e nos vegetais e folhas verde-escuras, como couve e brócolis.

2.Vitamina D: Segundo o endocrinologista Filippo Pedrinola, a vitamina D atua em conjunto com o cálcio e interfere nos níveis de estrogênio, aliviando os sintomas da TPM. A vitamina D pode ser encontrada no leite, no salmão, sardinha, óleo de fígado de peixe, cogumelo, ovos e alguns cereais que são fortificados com essa vitamina, e é sintetizada na pele pela ação do sol. Por isso que os tais 15 minutos de sol são essenciais para ajudar na absorção da vitamina.

3.Magnésio: Este mineral tem função complementar às funções do cálcio, podendo diminuir dores na intensidade de contração dos músculos, que provoca as cólicas. De acordo com Felippo, o magnésio também ajuda na produção de dopamina, que traz bem-estar. São boas fontes de magnésio as folhas verdes escuras, tais como espinafre e escarola, grãos como cevada, granola e arroz integral, abacate, banana e beterraba.

4.Vitamina B6: este nutriente é importante para a síntese de serotonina, um neurotransmissor que proporciona bem-estar, e de dopamina, evitando a fadiga e diminuindo a vontade de doces. Encontrada em cereais integrais e vegetais verdes escuros. São boas fontes desta vitamina: arroz integral, gérmen de trigo, aveia, amendoim, nozes, batata, banana, salmão, atum e fígado de boi.

5.Vitamina E: Ela ameniza as cefaleias, dores nas mamas e cólicas. São alimentos ricos neste nutriente: cereais integrais, nozes, castanhas, azeite de oliva, azeitona, óleo de soja e de girassol, milho, gema de ovo, agrião e gérmen de trigo.

6.Água: a hidratação ajuda a aliviar aquele inchaço comum da TPM. Sucos naturais, água de coco, chás e sopas também são ótimas opções para se hidratar.

 

Por: Dr. Filippo Pedrinola, Endocrinologista

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*