LFW

 

Tudo o que você precisa saber sobre a London Fashion Week

A ponte aérea New York – London sai ser inundada de fashionistas no dia 11 de setembro, todos deixando a Semana de Moda de Nova Iorque para frequentar a Semana de Moda de Londres, que começa na sexta-feira, dia 12 de setembro. A London Fashion Week é um dos principais eventos fashion do mundo e uma das quatro grandes semanas de moda internacionais, junto com Nova Iorque, Milão e Paris.

A elite da moda vai prestigiar os mais de 60 desfiles do calendário oficial, 45 shows off schedule e mais de 30 eventos paralelos. São tantos desfiles, estilistas, maisons, modelos, [email protected], celebridades, festas e eventos VIPs que fica difícil acompanhar sem perder nenhum detalhe. Mas não se desespere pois aí vai um guia poderoso com o crème de la crème do que está por vir! 

Programação

A London Fashion Week vai do dia 12 à 16 de setembro. O line-up completo você confere no site oficial do evento aqui.

O que vamos ver

Em setembro são apresentadas as coleções prêt-à-porter (ou prontas pra usar) Primavera/Verão do ano seguinte. São 6 meses de antecedência para a chegada dessas estações no hemisfério norte. Esse tempo é necessário para se completar o ciclo fashion: passarela > pedidos dos buyers para as lojas > produção > shootings para revistas / campanhas > chegada nas lojas. Isso signfica que as novidades dos desfiles vão demorar para chegar as araras. O legal é que, como o Brasil está prestes a entrar na primavera (oficialmente a estação começa no próxmo dia 23), já podemos pegar muita inspiração e usar as tendências antes mesmo das It Girls internacionais que vão estar desfilando seus guarda-roupas outono-inverno.

Os shows imperdíveis

lfw-montagem designers

Marchesa: A marca, conceituada quando o assunto é noite de gala, vai comemorar os 10 anos de existência com um desfile em Londres, terra das fundadoras e estilistas Georgina Chapman e Keren Craig. É a primeira vez que a Marchesa não desfila seus maravilhosos vestidos na Semana de Moda de Nova Iorque – e não vai durar: Chapman e Craig voltam para a big apple em fevereiro. 

Topshop Unique: Criada em 2001, a Unique é o braço glamour da Topshop. Lançada em 2001 e participante da LFW desde 2005, a Topshop Unique investe na criação de roupas que traduzam as tendências modernas e urbanas.

Mulberry: A marca de bolsas tipicamente londrina é uma queridinha do mundo fashion e suas bolsas em um estilo “bem inglês” que junta o clima artesanal do campo com a aura descolada das cidades são itens cobiçados.

Vivienne Westwood Red Label: Vivienne Westwood é um símbolo da moda inglesa, com raízes no movimento punk dos anos 80 e que hoje apresenta criações modernas, excêntricas, provocadoras e irreverentes.

Tom Ford: O estilista é sinônimo de luxo. Conhecido como o homem que ressuscitou a italiana Gucci, agora com a marca que leva seu nome, não deixou de ser polêmico, e sempre surpreende.

As modelos do momento

Todo mundo já percebeu que a “arroz de festa” Cara Delevigne vai desfilar nas principais passarelas das capitais fashion. À ela também se juntam Malaika Firth (que chamou a atenção quando foi a primeia modelo negra a aparecer em uma campanha da Prada em 20 anos), Mica Arganaraz (que protagonizou a campanha de outono 2014 da Prada) e Rianne von Rompaey (habitué da Louis Vuitton). A Elle americana fez uma lista com as 43 modelos que serão destaque na Primavera 2015, vale conferir.

Os Brasileiros

Dois brasileiros figuram entre a elite de moda londrina e vão desfilar suas coleções nas passarelas da London Fashion Week: Barbara Casasola e Lucas Nascimento. Os dois mostram suas criações no sábado, dia 13 de setembro. Uma boa notícia: dá pra acompanhar o live stream do desfile de Lucas nascimento no site oficial do evento, às 15h30, horário de Brasília.

As passarelas digitais

Em fevereiro de 2010 o British Fashion Council, organizador da LFW, lançou sua programação digital e, desde então, oferece uma série de eventos virtuais durante a semana de moda, desde transmissões de desfiles ao vivo passando por vídeos, filmes e outras intervenções internéticas. Confira o calendário digital aqui.

Moda 2.0

As redes sociais mudaram para sempre o modo como vemos e interagimos com o mundo. Na moda não seria diferente. Hoje em dia, estilistas e marcas se preocupam cada vez mais com a divulgação dos shows pelas diferentes mídias. O queridinho da vez é o Hyperlapse, aplicativo lançado pelo Instagram recentemente que permite brincar com a velocidade de vídeos e compartilhá-los diretamente no Facebook e no Instagram. Prepare-se para ter sua timeline invadida!

Quem seguir no Instagram para não perder nada

london fashion week british fashion council[3]

@britishfashioncouncil

Sites: @britishfashioncouncil / @refinery29 /@britishvogue / @voguemagazine / @elleuk / @glamouruk

Modelos: @officialjdun / @malaikafirth/ @rosiehw / @mirandakerr / @caradelevingne / @lindseywixson / @joansmalls / @karliekloss /

lfw-nina garcia

@ninagarcia

Editores:@danielafalcao1 / @monicagsalgado / @ninagarcia / @michelleapersad / @laurabrown99 / @bat_gio / @evachen212 / @rachelstrugatz 

[email protected] e It Girls:@susiebubble / @chungalexa / @miraduma /   @bryanboycom / @chiaraferragni /  @manrepeller @blaireadiebee / @garypeppergirl / @leblogdebetty /

lfw-the sartorialist[1]

@thesartorialist

Fotógrafos: @tommyton / @thesartorialist/ @facehunter / @gettyfashion /
@terryrichardsonstudio / @leeoliveira

lfw-maison valentino[1]

@maisonvalentino

Marcas: @louisvuitton /  @oscarprgirl / @isabelmarant / @zac_posen / @rebeccaminkoff / @officialrodarte / @marcjacobsintl / @maisonvalentino / @barbaracasasola

A morte anunciada do Circo Fashion?

A respeitada jornalista britânica Suzy Menkes chamou de “circo fashion” e comparou os ícones de estilo que se amontoam nas portas dos desfiles à pavões exibicionistas. Da poderosa editora e consultora criativa da Vogue Japão, Anna Dello Russo, ao blogueiro Bryanboy, passando por centenas de desconhecidos e wannabes, é fácil vê-los fazendo poses, caras e bocas, ávidos por serem clicados por qualquer fotógrafo ou blogueiro de moda e street style e serem estrelas – ainda que passageiras = nas redes sociais.

O fenômeno, porém, vem perdendo fôlego. Para se ter uma ideia, essa foi a segunda edição da New York Fashion Week sem grandes nomes no Lincoln Center (palco principal organizado pela IMG Fashion) como Vera Wang, Diane von Furstenberg, Michael Kors e Zac Posen. Outra gigante da moda, Carolina Herrera disse ao new york times que o Lincoln Center “ficou muito comercial, muito parecido com uma feira”. Vamos acompanhar as cenas do próximo capítulo e ver se os pavões continuam a se exibir ou se decidem se esconder por algumas temporadas.

Enquanto isso, aproveite o guia e acompanhe tudo de pertinho!

 

Laryssa Mariano trocou as montanhas de Minas pela névoa londrina e hoje trabalha na Farfetch desbravando a megalópole fashion para descobrir o que há de mais legal no universo da moda e da cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *